Total de visualizações de página

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Ao meu AMOR, com amor!


Obrigada a você que gosta de mim de graça, sem cobrar coisas, a não ser a mesma consideração que me dispensa!
Que se coloca ao meu lado em todas as situações em que estou certa ou necessitando de ajuda;
Que se põe contra mim quando estou errada e insisto em querer quebrar a cara! E você, por querer o meu bem, não me deixa ir adiante!
Que me diz apenas o suficiente para que me sinta amada e não exagera para que eu não me envaideça, já que a vaidade cega!
Que me socorre quando adoeço e fica o tempo todo perguntando se estou melhor!
Que também me magoa às vezes, mesmo contra a sua vontade!
Que fica de bico quando eu faço besteira e que me perdoa quando chego de mansinho pedindo perdão!
Que dividiu sua vida comigo e me viu crescer como pessoa e como mulher...
Que sempre me apoiou quando precisei estudar, trabalhar, fazer faculdade, pós graduação e deixar as crianças pequenas aos seus cuidados!
Que torceu por mim, mesmo eu sendo uma pessoa difícil de lidar em certos momentos!
Que me deu vinte anos da sua vida! Sua juventude inteira, como também me viu transformar de menina em mulher!
Agradeço pelos momentos felizes que dividimos, assim como pelos momentos difíceis, de lágrimas e de superação!
Você que tem um senso de humor fora do comum e que mesmo eu estando brava, me faz sorrir!
Não fui eu quem te escolheu pra mim, foi Deus! Pois ele sempre me deu o melhor e por isso te fez ser o meu AMOR!


Célia Ramos



Amor, pelos nossos vinte anos de casamento e de cumplicidade!

Um comentário:

  1. Não tenho nada à ver com a história, mas gostei tbm!kkkkkkkkkkkk!
    Bjão!

    ResponderExcluir